A relevância da criatividade - Unifacp - Centro Universitário de Paulínía

A relevância da criatividade

Palestra: Pedagogia Freinet – 26/05
23/04/2021
Biblioteca atendimento aos alunos
Biblioteca da UNIFACP retoma atendimento aos alunos
27/04/2021

Em pleno século XXI constata-se, cada vez mais, a discussão e a intensificação do grau de exigibilidade de competências pessoais e profissionais indispensáveis ao sucesso no mercado de trabalho e dentre elas vale a pena destacar uma questão tão importante, relevante, imprescindível e pesquisada pelas empresas, que é a criatividade.

Já foi o tempo em que os trabalhos eram definidos previamente, estabelecidos na sua forma e conteúdo, com regras, normas e procedimentos, sem a perspectiva de mudanças, propostas de melhoria ou até mesmo de reformulação na forma e no método de execução.

Evidentemente que nem tudo mudou assim tão drasticamente. Uma grande parte de atividades profissionais devem observar obrigatoriamente os padrões, conceitos e normas e procedimentos preestabelecidos, para a correta execução dos trabalhos e a consecução de metas de interesse da organização.

Os cronogramas, planejamentos diversos, datas, processos e múltiplos objetivos continuam a ser estabelecidos e observados, para que as etapas de trabalhos sejam cumpridas e os resultados sejam alcançados.

No entanto, é inegável a força e a importância que vemos na questão da criatividade, expressão tão utilizada, apregoada e exigida já no final do século XX.

A criatividade é a qualidade de criativo, reflete a capacidade criadora, engenho, inventividade. Ser criativo é ser criador. E o criador é todo aquele que cria ou criou. Ele é fecundo, fecundante, inventivo, fértil, que apresenta um talento criador. E o verbo criar significa: dar
existência a alguma coisa, tirar do nada, gerar, formar, produzir, inventar, imaginar, suscitar, estabelecer, instituir, originar, etc.

E a criatividade está ligada à motivação? Depende da motivação?

O indivíduo desmotivado tende sempre para a insatisfação no trabalho, fator este que propicia o surgimento de falhas, erros e descuidos, faltas e atrasos constantes, elevação do nível de irritabilidade e frustração, além da diminuição do grau de relacionamento com os demais colegas da empresa e com seus superiores hierárquicos.

A criatividade surgirá, para o profissional motivado, que apresentará sempre a tendência de pensar, imaginar e utilizar a sua capacidade inventiva também para os seus trabalhos, para a proposição e reformulação de procedimentos e para o desenvolvimento e implementação de novas e importantes estratégias, que resultarão em melhorias nos processos, sistemas e operações das
organizações.

Os novos tempos exigem uma mudança de postura e atuação dos profissionais, que devem estar sintonizados, informados, atualizados e preparados para oferecerem permanentemente a sua contribuição e a sua criatividade aos processos, sistemas, métodos, atividades, etc., que se revestirá de extrema importância para si próprios e para suas organizações.

+ posts

Prof. Me. Pedro Carlos de Carvalho
Cursos de:
Gestão Financeira
Gestão da Qualidade
Gestão de Recursos Humanos e
Pedagogia
Fev/2021

VESTIBULAR - INSCREVA-SE
× Como posso te ajudar?